Afinal, o que precisa para ser investigador da Polícia Civil?

Já parou para pensar o que precisa para ser investigador da Polícia Civil? Se você tem esse objetivo e busca um direcionamento, chegou ao lugar certo!

Nesse post, iremos te mostrar tudo o que você precisa para ingressar na carreira e fazer sucesso nessa nova profissão. Acompanhe conosco tudo sobre a formação necessária, as provas e tudo mais sobre essa área tão empolgante.

Trabalhar no ramo de investigação da Polícia Civil é algo muito importante, que envolve a coleta e identificação de provas relacionadas a possíveis crimes. E essa carreira empolgante faz parte das instâncias federais e, por conta disso, o acesso ao cargo só acontece através da aprovação em um concurso público. Vem ficar por dentro de detalhes oficiais sobre essa função tão essencial!

O que faz um investigador criminal?

Imagine que você já é atuante na área e recebeu ordens de investigar um crime que aconteceu nas redondezas e não há nenhum suspeito identificado ainda. O seu papel nesse momento é ir até o local do crime e colocar suas habilidades em prática. Mas, nem tudo se resume a isso, as funções que você precisará exercer ao trabalhar nesse campo envolvem outras atividades, como:

  • escoltar presidiários;
  • elaborar relatórios sobre os casos em que você está designado;
  • cumprir os mandados;
  • coletar provas e apontar suspeitos para interrogação e prisão;
  • cuidar para que as cenas de crimes sejam preservadas adequadamente, entre outras funções.

A grande parte do seu tempo será dedicada às funções internas nas delegacias e irá seguir conforme as necessidades do seu batalhão. Então, pode ser que o ritmo do seu trabalho seja um pouco diferente, conforme a subdivisão policial que você seja alocado ou alocada.

Esse tipo de rotação na sua rotina laboral exige que esteja sempre procurando se profissionalizar, por meio de cursos e palestras que auxiliem a manutenção do conhecimento em consonância com as inovações legislativas e comportamentais da nossa sociedade em movimento.

Tudo isso é indispensável, porque novas tecnologias e estudos estão sempre surgindo para ajudar os profissionais desse campo estejam um passo a frente na luta pela segurança e combate ao crime. A formação adicional e continuada é muito primordial para quem quer estar sempre no topo da sua carreira.

Se você decidiu se preparar para a prova, é importante entender o que cai nela. É o que falamos no próximo tópico!

Sobre a prova do concurso público

A temida prova do concurso pode ser, na verdade, um momento tranquilo se você optar por se preparar adequadamente. Muitas dúvidas podem surgir dependendo perfil de cada candidato, mas uma coisa é certa: chegar a esse estágio sabendo o que esperar é uma ótima vantagem sobre seus concorrentes. Então, vamos a elas!

Em primeiro lugar, os editais da Polícia Civil descrevem a primeira parte da prova como “preambular”, uma fase introdutória. Aqui o que você irá encontrar são as questões objetivas relacionadas a conhecimentos gerais, como Língua Portuguesa, Lógica, assuntos atuais, habilidades básicas de informática, além de saber um pouco sobre Criminologia e Direito. Ir bem nessa parte é fundamental para ter um bom começo e dar um gás no seu desempenho.

Depois disso, a prova escrita acontece e as questões agora não são mais objetivas: aqui você precisa botar em prática as suas habilidades de escrita, pois todas as perguntas são dissertativas. Então lembre-se de praticar antes do dia da prova. Os assuntos são diversos, porém não fogem da área de trabalho.

E, por fim, a prova oral em quem que o que se pede é a articulação verbal sobre os mesmos assuntos das provas anteriores. O que vale aqui é ter um bom domínio do que se pede na etapa preambular e na escrita, pois essa base irá contribuir para o seu bom desempenho.

Finalizando essa etapa, os candidatos aprovados serão inscritos em um curso de formação promovido e elaborado pela equipe da Academia da Polícia Civil, que irá desenvolver todas as habilidades necessárias para você conseguir exercer suas tarefas adequadamente durante sua jornada laboral.

Requisitos necessários além da prova

Além de participar de concurso público, você precisa se encaixar em alguns outros parâmetros para poder atuar nesse cargo. Isso porque, além de fazer parte da Polícia Civil, você também entrará na lista de funcionário público federal. Então, além da prova e da formação acadêmica completa em qualquer área, você precisa se adequar às seguintes exigências:

  • ter idade igual ou superior a dezoito anos;
  • ser habilitado para conduzir veículos, iniciando na categoria B;
  • ser de nacionalidade brasileira;
  • possuir certificado e estar em dia com a sua quitação eleitoral, serviços militares (em caso de homens) e
  • não possuir nenhum precedente criminal (também comprovado por certidões emitidas pela Polícia Federal).

Não deixe de conferir regularmente os editais das regiões nas quais você participará do processo seletivo, já que assim você se mantém em dia com as informações pertinentes sobre tudo relacionado ao concurso. Isso também pode te ajudar na hora de estudar e se preparar para todo esse processo. Atente-se para os editais anteriores, eles são um ótimo guia de estudos para os próximos processos seletivos.

Em termos financeiros, existe uma certa diferença de um estado para o outro, então se a busca for pelo maior salário, atente-se a esse direcionamento. Em média, o que se pode esperar de retorno é uma faixa salarial de R$ 6.000,00. Os pisos e tetos (mínimos e máximos pagos) também sofrem alterações conforme os estados, com uma diferença que pode variar em mais de dois mil reais. Mas é muito importante ressaltar que os valores são atualizados conforme cada edital, e as projeções de carreira são diversas e amplas.

Esse comportamento acontece nos outros cargos relacionados a essa profissão, como o escrivão e o perito criminal, mas também a muitas outras carreiras públicas – lembrando que todos tem tetos com valores definidos conforme o nível de experiência e graduação de cada profissional.

A profissão de investigador da Polícia Civil é de suma importância e necessidade para a sociedade brasileira. Através do trabalho incansável dessas pessoas de muita coragem e tenacidade, a Justiça Brasileira tem a possibilidade de elucidar crimes e contribuir para a paz e organização da nossa sociedade.

Se você se enxerga atuando nessa área, invista no seu futuro e faça parte desse corpo de pessoas que batalham duro para manter um país mais pacífico e livre da criminalidade. Acesse o nosso site e confira os cursos voltados às provas do cargo e muitos outros, preparadas de acordo com cada edital e de cada estado do Brasil. Não perca tempo e venha fazer a diferença você também.

0 Comentários
Comentários em linha
Ver todos os comentários