Guia da Casa: descubra como entrar na Marinha do Brasil!

Quem tem interesse nas Forças Armadas do país, certamente já se perguntou como entrar na Marinha. Seguir carreira nessa instituição é o sonho de muitos concurseiros por todo o Brasil – e não é para menos, os cargos disponíveis oferecem excelentes salários e estabilidade no trabalho!

Conheça mais informações, com a Casa, sobre as possibilidades de vagas dentro dessa organização e descubra quais as exigências para quem deseja uma aprovação nesses cargos. Continue sua leitura e não esqueça de, depois, dar uma olhada no post sobre como começar a estudar para concurso, para iniciar o quanto antes sua caminhada até o trabalho que tanto sonhou!

Vamos lá!

Como entrar na Marinha? Veja como funciona o processo seletivo!

Se você está de olho em uma vaga na Marinha, o primeiro ponto de atenção parte da análise de oportunidadess tanto para pessoas com Ensino Superior completo como para quem cursou uma formação técnica ou acabou de sair do Ensino Médio. Chances são o que não faltam!

Existem duas possibilidades de entrar na Marinha: participar de concursos públicos que são abertos a pessoas de todo o país ou concorrer no Processo Seletivo do Serviço Militar Voluntário para Oficiais Temporários. Em ambas as opções, são realizadas diversas provas para selecionar os candidatos e existem vagas para os diferentes níveis de escolaridade que citamos antes.

A grande diferença entre as alternativas é o tempo de permanência na corporação. Os Oficiais concursados podem fazer carreira na Marinha e permanecer nessa instituição até se aposentarem. Já os Militares voluntários têm um vínculo de dapenas um ano, podendo renová-lo até chegar aos 8 anos como Oficial.

O que faz um profissional da Marinha?

A Marinha do Brasil é parte das Forças Armadas do país, portanto sua atuação está diretamente ligada a proteção do território nacional e dos poderes constitucionais. Alguns dos profissionais que entram para essa instituição têm obrigações como treinamento para combate naval, condução das embarcações oficiais e outras funções ligadas à vida em alto mar.

No entanto, existe também o corpo que auxilia os Oficiais, oferecendo suporte médico e operacional ao restante da equipe. Além de cuidar dos colegas de trabalho, parte desse grupo precisa fazer reparos na frota de navios. Suas designações irão variar conforme o cargo que concorrer nos processos seletivos da Marinha.

Quais os cargos dentro da Marinha? Quais os salários?

Como explicamos acima, existem diversos cargos dentro da Marinha. Cada uma dessas vagas possui um salário diferente, além de benefícios e um plano de carreira. Segundo informações oficiais, alguns editais de concursos para candidatos com Ensino Superior completo podem ultrapassar os R$10.000,00. Uma excelente chance, não acha?!

Conheça agora quais são as oportunidades que você irá encontrar nessa área!

Candidatos com Ensino Superior completo

Os cargos conquistados a partir de concursos públicos são para fazer parte do:

  • Corpo de Saúde da Marinha: médicos (CSM-MD), equipe de apoio à saúde (CSM-S) e cirurgiões dentistas (CSM-CD);
  • Corpo de Engenheiros da Marinha (CEM);
  • Quadro complementar do Corpo da Armada (QC-CA);
  • Quadro complementar de Intendentes da Marinha (QC-IM);
  • Quadro complementar de Fuzileiros Navais (QC-FN);
  • Quadro técnico do Corpo Auxiliar da Marinha (QT);
  • Quadro de Capelães Navais (CapNav).

No caso de admissão pelo processo seletivo, a única vaga possível de ser preenchida é para Serviço Militar Voluntário para Oficiais Temporários (SMV-OF), mas a atuação desses profissionais também é segmentada pela sua área de formação.

Candidatos com Ensino Médio ou Técnico completo

Para os candidatos com Ensino Médio ou Técnico finalizados, existe a abertura de menos editais. Mesmo assim, vale a pena conhecer quais são os cargos possíveis para esse grupo em que os salários ultrapassam os R$3.500,00 – quem sabe essa não é a oportunidade certa para você?!

  • Quadro técnico de Praças da Armada (QTPA);
  • Corpo Auxiliar de Praças (CAP);
  • Serviço Militar Voluntário de Praças (SMV-PR).

Descubra como entrar na Marinha: conheça os requisitos dos concursos!

Cada um dos cargos que explicamos possuem exigências específicas, seja por questões de formação ou diferenciações no funcionamento das provas. Mesmo assim, existem alguns requisitos básicos que quem é concurseiro já está familiarizado. São eles:

  • ser brasileiro;
  • ter mais do que os 18 anos;
  • estar de acordo com suas obrigações militares e jurídicas;
  • possuir, ao menos, o Ensino Médio completo.

Como as duas formas de ingressar na corporação envolvem provas, falaremos sobre os requisitos que abarcam todas as possibilidades. No entanto, para conseguir informações mais específicas para cada cargo, é necessário consultar o edital da prova. Afinal, a cada nova edição são acrescentados ou retirados alguns parâmetros que são importantes para os participantes.

Se ainda tem dúvidas sobre como funcionam os editais, dê uma olhada no post “Não sabe bem o que é edital e qual sua função? A Casa responde!“.

No caso da Marinha, como grande parte dos cargos exigem certo esforço físico, a maioria dos concursos e processos seletivos possuem uma fase de Teste de Aptidão Física com provas de corrida e natação. Esses são critérios que podem eliminar um candidato mesmo que ele tenha ficado nas primeiras colocações da prova teórica.

Para os cargos para Ensino Superior ou Ensino Técnico, é necessário realizar a etapa de Prova de Títulos, aonde cada aprovado precisa comprovar sua formação na área que afirmou na inscrição.

Posso entrar a qualquer momento? Qual a idade para entrar na Marinha?

Esse é mais uma exigência que varia conforme o cargo pretendido, mas que acaba gerando muitas dúvidas em quem deseja preencher uma dessas vagas. Para não restar mais questionamentos, confira os dados que a Casa separou!

  • Concursados – Engenheiros, médicos, equipe de apoio e dentistas: homens e mulheres entre 18 e 36 anos;
  • Quadro complementar – Corpo da Armada, Fuzileiros Navais e Intendentes da Marinha: homens entre 18 e 29 anos;
  • Capelão Naval: homens e mulheres entre 30 e 41 anos;
  • Oficiais temporários: homens e mulheres entre 18 e 45 anos;
  • Corpo Auxiliar de Praças: homens e mulheres entre 18 e 25 anos;
  • Quadro Técnico de Praças da Armada: homens entre 18 e 25 anos;
  • Voluntários de Praça: ter acima de 18 anos.

Cumprindo essas exigências que listamos, você estará apto para se candidatar às vagas que te contamos. O que achou dessas oportunidades, concurseiro? Utilize essas informações sobre como entrar na Marinha e aproveite para conquistar a vaga que deseja nessa instituição!

Navegue pelo blog da Casa e descubra mais dicas que vão te ajudar a ficar nas primeiras colocações! E se está iniciando nesse universo de provas e editais, não deixe de conferir também nosso guia com tudo o que você precisa saber sobre concursos públicos!

Até a próxima!

0 Comentários
Comentários em linha
Ver todos os comentários