Agente da Polícia Federal: saiba mais sobre essa profissão tão cobiçada

Ser agente da Polícia Federal é o objetivo de muitos concurseiros tanto pelo prestígio social quanto pelo salário superatrativo. Dessa forma, é possível entender o motivo da vaga ser tão concorrida, exigindo um preparo substancial dos candidatos, o que não é nada fácil, não é mesmo?!

É muito comum encontrar pessoas que estão anos e anos se capacitando por meio de cursos para PF com uma disciplina de estudo super rigorosa, tudo para alcançar a tão sonhada aprovação. Pensando nisso, nesta publicação, separamos as melhores informações sobre a profissão, além de esclarecer os requisitos necessários para garantir a vaga.

O que faz um agente da Polícia Federal?

O trabalho do agente da Polícia Federal é complexo e, muitas vezes, complicado. Com base no edital publicado no site do Cespe, o profissional realiza as seguintes funções:

  • investigar atos ou fatos que caracterizem ou possam caracterizar infrações penais, observada a competência da Polícia Federal;
  • proceder à busca de dados necessários;
  • executar todas as tarefas necessárias à identificação, ao arquivamento, à recuperação, à produção e ao preparo dos documentos de informações;
  • executar todas as atividades necessárias à prevenção e repressão de ilícitos penais da competência da Polícia Federal;
  • conduzir veículos automotores, embarcações e aeronaves;
  • auxiliar a autoridade policial em todos os atos de investigação, cumprir medidas de segurança orgânica;
  • desempenhar outras atividades de natureza policial e administrativa, bem como executar outras tarefas que lhe forem atribuídas.

Trata-se, dentre outras coisas, de uma profissão sem rotina determinada. Cada dia novas atividades e exercícios são solicitados, uma vez que as atribuições da profissão são vastas. O ramo de especialização do profissional vai ser determinante para as atuações do funcionário.

O que é preciso para ser um?

Com base na Lei nº 2.320/1987, para ser um agente da PF, os pré-requisitos básicos são: ter cidadania brasileira ou portuguesa e 18 anos ou mais. Além disso, é necessário ter qualquer curso superior, sendo essencial um diploma fornecido por uma instituição de ensino reconhecida pelo MEC, assim como estar em dia com todas as obrigações, tanto eleitorais quanto militares no caso dos homens.

Também, é indispensável que o candidato tenha a carteira nacional de habilitação com, no mínimo, a categoria “B” (carro). No caso das cidadanias portuguesas, é necessário que as normas estejam de acordo com as brasileiras. É obrigatório, ainda, que o concorrente tenha Identidade Civil e Cadastro de Pessoa Física.

Mas os requisitos não param por aí. O candidato para a vaga precisa passar no concurso público estipulado para o cargo e ter competências físicas e mentais para a execução das funções determinadas.

Entendendo a prova para agente da PF

A prova para o cargo de agente da PF é composta por questões objetivas e discursivas com redação de 30 linhas de 13 pontos. Avaliações médicas e psicológicas e exame de aptidão física também serão realizadas durante o processo, os três últimos são eliminatórios, enquanto as questões são todas classificatórias. Mas, segundo o edital do site do Cespe, seráeliminadoo concorrente que obtiver NPD inferior a 6,50 pontos na prova discursiva.

Há algumas vagas reservadas para negros e deficientes físicos: 540 para concorrência ampla, 144 para pessoas negras e 36 para candidatos com alguma deficiência física, segundo o edital de 2021.

Mais do que uma avaliação complicada, o concurso é mais trabalhoso, exigindo tempo e determinação. Para quem já passou na prova, o maior desafio compartilhado é conseguir manter uma rotina de estudos e ser fiel a ela.

No total, há 120 questões com temas variados: Direito Constitucional, Legislação Específica, Contabilidade, Informática e muito mais. Todas as disciplinas solicitadas na avaliação estão presentes no curso para Agente da Polícia Federal da Casa do Concurseiro, não deixe de conferir!

Quanto ganha um agente da PF?

Os salários dos profissionais da Polícia Federal são consideravelmente altos. De forma geral, a renda média de um agente da Polícia Federal para quem está começando é de R$ 12 mil e R$ 18 mil para os profissionais especiais, ambos com carga horária de 40 horas.

Além disso, outras vagas na área também possuem salários muito atrativos. A faixa salarial de um Delegado da Polícia é de 19 a 23 mil reais, e o profissional Superintendente da Polícia Federal ganha, em média, 17 mil reais. Nada mal, né?!

O Agente Administrativo possui renda mensal de 5 a 7 mil reais e, apesar de ser o menor salário da lista, ainda é uma ótima remuneração.

Agora que você já sabe tudo o que precisa sobre o cargo de Agente de Polícia Federal, a gente dá uma mãozinha para você se preparar e garantir sua aprovação no concurso. A Casa do Concurseiro tem cursos diversos e completos cursos para te ajudar nessa empreitada.

Confira nossos preparatóriose entre para a enorme lista de aprovados da Casa. Partiu estudar com quem já ajudou mais de um milhão e meio de alunos em todo o Brasil!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *