PC-AL: edital deve sair no segundo semestre

O certame foi confirmado pelo governador do Estado e deve ofertar oportunidades para Agente e Delegado.


Estude com a Casa do Concurseiro e faça parte da PC-AL

O ano de 2019 segue com excelentes oportunidades para os concurseiros que desejam ingressar na carreira de Segurança Pública. O artigo de hoje aqui no Blog da Casa é sobre o concurso público da Polícia Civil do Estado de Alagoas, que recebeu atualizações na última segunda-feira, dia 5 de agosto. O Governador do Estado confirmou três novos certames para a área com os editais publicados ainda neste segundo semestre do ano.



Acompanhe o texto até o fim para saber todos os detalhes!



A expectativa para a publicação do documento aumentou muito com o anúncio realizado por Renan Filho, Governador do Estado de Alagoas, em coletiva de imprensa no início desta semana. Na ocasião, afirmou que serão três editais: um para Agente de Polícia, com 300 vagas; outro para Delegado, com 40 vagas; e um terceiro, para Agente Penitenciário, ainda sem um número definido de vagas porque ainda precisa passar por avaliação com a categoria e o judiciário.

O órgão ainda está na etapa de convocação da reserva técnica do último concurso público, realizado em 2012. O próximo passo deve ser a divulgação dos próximo três editais. O chefe de Estado ainda declarou que a abertura desses certames servirá para reforçar o quadro de servidores da Polícia Civil e Militar e, também, a Ressocialização.

Atualmente, a corporação da Polícia de Alagoas tem um efetivo de 1.600 servidores divididos entre Delegados e Agentes. Desse quantitativo, 600 profissionais já podem solicitar suas aposentadorias. O déficit no quadro de servidores expõe a necessidade de os novos certames serem realizados com urgência.

Ainda no mês de maio, Renan Filho já havia se manifestado sobre a carência na corporação e o desejo de efetivar novos concursos para a instituição ainda em 2019.

“Vamos realizar os concursos para aumentar o efetivo de Agentes de Polícia e Delegados. Há muitos anos, Alagoas não faz concurso para a Polícia Civil e não fizemos no primeiro Governo. Chamamos uma reserva técnica de Agentes. A ideia é fazer o concurso no segundo semestre deste ano”, afirmou em transmissão ao vivo pelas redes sociais.


Sindipol-AL solicita 1.500 vagas para o concurso

O Sindicato dos Policiais Civis de Alagoas afirma que o quantitativo informado pelo Governo do Estado não é suficiente para suprir o déficit da corporação. O pedido do Sindipol-AL é que os próximos concursos públicos do órgão ofertem, ao menos, mil e quinhentas vagas.

Segundo nota publicada em seu site, o sindicato informa que a Polícia Civil possui apenas 1.607 Agentes de Polícia para atender a toda a população de Alagoas. Este dado aponta que há um Agente para cada 2.070 pessoas. Ainda de acordo com as informações publicadas em nota, a situação atual vai de encontro ao que é recomendado pela Organização das Nações Unidas (ONU).


Cargos, salários e atribuições

Agente de Polícia

A exigência para a função é de formação de nível superior em qualquer área fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC). O candidato também precisa ter Carteira Nacional de Habilitação. 

Com uma jornada de trabalho de 40 horas semanais, as atividades do Agente de Polícia estão entre investigações e operações policiais na prevenção e na repressão a ilícitos penais, bem como outras atividades previstas em lei que regem a carreira. 

Os aprovados no último concurso para a PC-AL têm remuneração inicial média de R$ 3.800,00.

Delegado

O candidato que tem interesse em ingressar na corporação pelo cargo de Delegado precisa ter formação de nível superior de Bacharel em Direito com diploma reconhecido pelo Ministério da Educação.

A jornada de trabalho é de 40 horas semanais e as atividades são compostas por direção, supervisão, coordenação, planejamento, orientação, execução e controle da administração da polícia judiciária, bem como investigações e operações, além de instaurar e presidir procedimentos policiais.

De acordo com o edital do último concurso para a Polícia Civil de Alagoas, o cargo de delegado tem remuneração inicial de R$12.593,22.



O último concurso da PC-AL

Realizado há seis anos, o último concurso PC-AL contou com 400 oportunidades para os cargos de Agente (240), Escrivão (120) e Delegado (40). A organização do certame ficou por conta do Centro de Seleção e de Promoção de Eventos (Cespe/Cebraspe).

Foram contabilizadas 18.879 inscrições para o concurso público, sendo o cargo de Delegado o mais procurado, com 8.651 inscritos — média de 216 candidatos por vaga; o cargo de Escrivão teve uma média de 19 candidatos por vaga, com 2.312 inscritos; e, com média de 33 candidatos por vaga, o cargo de Agente.


Prepare-se para a PC-AL

Aproveite que este é o melhor momento para iniciar a sua preparação e comece agora mesmo com o preparatório ideal. A Casa do Concurseiro vai direcionar os seus estudos com muito conteúdo desenvolvido por professores especialistas na carreira de Segurança Pública.

Polícia Civil de Alagoas – Agente de Polícia

Não perca mais tempo, estude com quem já aprovou mais de 38 mil concurseiros em certames de todo o país. Você pode e vai ser o próximo. 


Detalhes sobre o concurso

Concurso: Polícia Civil do Estado de Alagoas
Banca organizadora: Em análise
Cargos: Agente e Delegado
Escolaridade: Nível superior
Número de vagas: 340 (previstas)
Remuneração: Mais de R$ 12 mil
Situação: Edital iminente!
Previsão para publicação do edital: Segundo semestre de 2019

Você, o próximo a ingressar na PC-AL

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *