SEFAZ-DF: edital iminente

Nova portaria foi publicada no Diário Oficial e o edital deve ser publicado em breve. Confira todos os detalhes agora.

Seja o próximo Auditor Fiscal da SEFAZ-DF

Aguardado desde 2014, o concurso público da Secretaria de Fazenda, Planejamento, Orçamento e Gestão do Distrito Federal contou com movimentações em seu processo nos últimos dias. Então, você que estava contando os dias para novidades vai gostar de ler o artigo de hoje no Blog da Casa!


No fim de maio, o órgão publicou uma nova portaria no Diário Oficial do Distrito Federal. O documento delega poderes à Secretaria Adjunta de Planejamento e Orçamento para que ela seja a responsável por promover os atos administrativos do certame.

Ou seja, todos os procedimentos do concurso público SEFAZ-DF com relação ao provimento de oportunidades ao cargo de Auditor Fiscal da Receita do Distrito Federal serão gerenciados por ela.

Abaixo, o trecho do documento onde você pode conferir a publicação do órgão no Diário Oficial.

Com isso, a expectativa para a divulgação do edital aumenta muito para quem está de olho no concurso SEFAZ-DF. Já em fase final de ajustes pela banca organizadora, que será o Cebraspe, a tendência é de que a publicação ocorra ainda em junho de 2019.


Preenchimento de 120 vagas está previsto

O concurso público será para o preenchimento de 120 vagas para o cargo de Auditor Fiscal, sendo 40 para o preenchimento imediato e 80 para formar cadastro reserva (CR).  Entretanto, existe a possibilidade de esse número ser ampliado após a conclusão dos estudos de viabilidade orçamentária.

Segundo o secretário André Clemente, o órgão já está realizando estudos para ampliar o número de vagas ofertadas. Há, também, chances de o concurso público ser realizado com o quantitativo já divulgado e, posteriormente, outro certame ser aberto com mais vagas para o cargo.


Funções de um Auditor Fiscal

O Auditor Fiscal da Secretaria de Fazenda, Planejamento, Orçamento e Gestão do Distrito Federal realiza atividades de lançamento, cobrança e fiscalização com relação aos tributos diretos, bem como mercadorias em trânsito, levantamento físico de estoque em estabelecimentos inscritos ou não no cadastro fiscal do Distrito Federal.

Como devem ser as provas

O projeto básico do concurso indica que ele será organizado em três etapas: prova objetiva, prova discursiva e avaliação de vida pregressa, todas de caráter eliminatório e classificatório.

Na prova objetiva, serão 160 questões, sendo 80 de Conhecimentos Gerais e 80 de Conhecimentos Específicos. Já a prova discursiva terá dois itens de Conhecimentos Específicos e, também, uma dissertação.

Confira, abaixo, as disciplinas:

  • Língua Portuguesa;
  • Matemática Financeira/ Estatística/ Raciocínio Lógico;
  • Direito Constitucional;
  • Direito Administrativo;
  • Direito Empresarial/ Penal/ Civil;
  • Tecnologia da Informação;
  • Contabilidade Pública;
  • Economia;
  • Finanças Públicas.

Em Conhecimentos Específicos:

  • Direito Tributário;
  • Legislação Tributária;
  • Auditoria Fiscal;
  • Contabilidade Geral;
  • Custos e Direito Financeiro.


A melhor forma de preparação

A melhor estratégia para quem quer ser aprovado em um concurso público é começar a estudar antes mesmo de o edital ser publicado. Entretanto, para isso, é adequado ter um direcionamento que se alinhe às exigências feitas pelo certame.

Nada melhor para resolver essa situação do que garantir a preparação com quem mais entende de concursos públicos: A Casa do Concurseiro.

Aqui, você encontra o curso ideal para este momento da sua preparação, com conteúdos focados em editais anteriores e com atualizações em tempo real. Tenha acesso aos melhores materiais e ao melhores professores da carreira. Seja o próximo a ingressar na SEFAZ-DF.

Começa agora mesmo a sua preparação e ingresse na carreira Fiscal

0 Comentários
Comentários em linha
Ver todos os comentários